Buscas

Pesquisa personalizada

terça-feira, 8 de julho de 2008

O Senhor do Olimpo - Zeus.

Deus do céu e regente dos deuses do Olimpo, Zeus corresponde ao deus Júpiter romano.

Zeus era o filho mais jovem do Titã Cronos e Réia, e o irmão das divindades Possêidon, Hades, Héstia, Deméter e Hera. De acordo com um dos mitos antigos do nascimento de Zeus, Cronos, temendo que ele talvez fosse destronado por um de seus filhos (assim como fizera, outrora, com o seu pai), engolia-os assim que nasciam. Quando do nascimento de Zeus, Réia embrulhou uma pedra com fraldas e a deu a Cronos para que engolisse pensando que fosse seu filho, e ocultou o deus infante em Creta, onde foi alimentado com o leite da cabra Amaltéia e criado por ninfas. Quando Zeus chegou à maturidade, ele forçou Cronos a vomitar as outras crianças, que estavam ávidas para se vingar de seu pai. Na guerra que se seguiu, os Titãs lutaram ao lado de Cronos, mas Zeus e os outros deuses foram bem sucedidos, e os Titãs foram confinados no abismo do Tártaro.

Zeus, a partir de então, dominou o céu, e a seus irmãos Possêidon e Hades foi conferido o poder para dominar o mar e o mundo subterrâneo, respectivamente. A terra seria governada em comum por todos os três. Zeus se casou com Hera, sua irmã, mas teve muitas amantes, tanto humanas quanto divinas. Apareceu sob as mais diversas formas nos seus encontros com as mortais.

Para Homero, Zeus era imaginado de duas maneiras diferentes. É representado como o deus da justiça e da misericórdia, o protetor dos fracos e o punidor do mal. Como marido de sua irmã Hera, ele é o pai de Ares, o deus da guerra; Hebe, a deusa da juventude; Hefesto, o deus do fogo; e Eileitia, deusa do parto. Ao mesmo tempo, Zeus é descrito como um deus que se apaixona por uma mulher a cada instante e usando de todos os artifícios para esconder sua infidelidade da ciumenta e irascível esposa. Os relatos de suas travessuras eram numerosos na mitologia antiga, e muitos de seus filhos eram o produto de seus casos de amor tanto com deusas quanto com mulheres mortais.

Acredita-se que, com o desenvolvimento de um sentimento de ética na vida grega, a idéia de um deus lascivo se tornou desagradável e, então, as lendas posteriores tenderam a apresentar um Zeus mais comedido. Seus muitos casos com mortais às vezes são explicados como o desejo dos primeiros gregos a traçar sua linhagem até o pai dos deuses. A imagem de Zeus era representada na escultura como a figura de um rei barbado. A mais célebre de todas as estátuas de Zeus era a colossal em ouro e marfim feita por Fídias, em Olímpia, a qual foi erigida quando da realização dos primeiros Jogos Olímpicos.


Postar um comentário

OBRA DE ARTE

OBRA DE ARTE
Amores na bela Capital Catarinense.

CINEMA: UM GRANDE PRAZER.

Loading...