Buscas

Pesquisa personalizada

sábado, 11 de fevereiro de 2012

EFEITO SOMBRA

Vanessa Feltrin
Em "O EFEITO SOMBRA: ENCONTRE O PODER ESCONDIDO EM SUA VERDADE", uma das mais recentes obras de Deepak Chopra, Debbie Ford e Marianne Williamson, esses autores trazem à tona um debate acerca da natureza humana, que muito contribui para aqueles que já compreenderam a máxima Socrática "Conhete-se a ti mesmo".
A compreensão e aceitação de nossa inevitável natureza dual nos permite abraçar nossa sombra, e fazer dela nossa parceira.
Os autores nos ensinam a encontrar nosso poder esquecido e a não lutar contra nosso lado mais obscuro, para evitar que a luta cause o efeito paradoxal de fortalecer essa face sombria que nos leva a desperdiçar a energia vital em hábitos e comportamentos que prejudicam a caminhada em direção a nossos objetivos.
Negar a realidade de que só conhecemos o bem porque conhecemos o mal, de que só conhecemos a certeza porque conhecemos a dúvida, implica negar nossa plenitude.
A tendência a esconder nossas faltas, o que consideramos condenável em nós, gera um conflito pela falta de aceitação de nós mesmos, fortalecendo nossos impulsos sombrios. Quanto mais negamos nossas sentimentos destrutivos, mais estimulamos a repetição de de velhos padrões estagnados, que dificultam nossa chegada ao dia seguinte, à libertação de nossas prisões mentais, emocionais e espirituais.
Seguir o fluxo, e atentar ao princípio hermético do ritmo pode potencializar nosso crescimento, na medida em que compreendemos que somos manifestantes do Todo, e que essa manifestação que apresentamos é passageira, marcando o que a "Sensitiva de Taió" (Velci Olga da Cruz) chamou de "Estado do Eixo Cronológico da Esfera". O que mais repudiamos em nós mesmos pode ser a mola que nos impulsiona para a criação de um novo ser.
Procuremos aceitar nossa essência, buscando o autoconhecimento, ao invés de negá-la em um movimento esquizofrênico que nos distancia do projeto universal de que somos partes indissociáveis. Fica a sugestão de leitura para o final de semana, e o questionamento: Onde está o bem e onde está o mal? 

Atenciosamente,

Vanessa Feltrin
Coordenadora do Núcleo de Aperfeiçoamento e Desenvolvimento Humana (NAPPEDH) - Grupo Feltrin.
 Fonte: Blog do Paulo Roney Ávila Fagundez
Imagem retirada
Blog  da Cultura Feltrin
Acesso a ambos os blogs em 11/02/2012
Postar um comentário

OBRA DE ARTE

OBRA DE ARTE
Amores na bela Capital Catarinense.

CINEMA: UM GRANDE PRAZER.

Loading...