Buscas

Pesquisa personalizada

segunda-feira, 28 de março de 2016

Para encerrar o dia eu falo de/sobre mim.
( Com o perdão dos discretos)

Ao voltar da Amazônia, desenvolvi uma tosse rouca, seguida de debilidade física que está me dando um trabalhão.

Como não sou do tipo que valoriza muito as doenças, enquanto estou afastada das minhas atividades de rua, assisto filmes, leio e penso.

Nessa semana que passou por exemplo eu revi dois belos clássicos do cinema: a) E o Vento Levou, em homenagem à minha amiga Elisangela Andrade; e  b)Casablanca para chorar, com ele, as dores de ter que ficar de molho.

Assisti, também,  um documentário sobre Frida Khalo: A casa de Frida Khalo.

Li grandes trechos de Ovidio e sua bela arte de amar e páginas e mais páginas de comentários do meu amoroso Emmanuel sobre o Evangelho de Jesus.

Achei que, no final das contas, o saldo não foi negativo.

Gratidão a esse tempo vivido com dificuldade respiratória que está me ajudando a treinar paciência.

Aliás, hoje, depois de ficar horas e horas no hospital fazendo exames me dei conta de que só reclamei duas vezes contra a demora,  e, em ambas, falei  com o Charles, bem baixinho.

Será  que estou aprendendo?

Deus queira!
Postar um comentário

OBRA DE ARTE

OBRA DE ARTE
Amores na bela Capital Catarinense.

CINEMA: UM GRANDE PRAZER.

Loading...