Buscas

Pesquisa personalizada

quarta-feira, 13 de março de 2013

Roma mais uma vez surpreendeu o mundo ao anunciar o novo Papa.



Suely Monteiro


A pouco mais de uma hora os sinos da Santa Sé badalaram e a fumaça branca foi liberada seguindo o ritual de anúncio da eleição do novo Papa que deverá guiar os milhões de fiéis da religião católica. O anúncio da escolha de um argentino para o alto escalão da Igreja, tanto quanto a renúncia do seu antecessor,  supreendeu o mundo.

Eu não professo o catolicismo, mas reconheço a importância do momento para a Igreja Católica que vem enfrentando muitas crises no seu seio. Crises que vão desde os escândalos envolvendo padres em episódios de pedofilia, roubo de documento  até às práticas de crimes contra o patrimônio.  Todavia, é bom lembrar, nesse momento que é o movimento católico que está em crise, não o Cristianismo. Os ensinos do Cristo seguem solicitando-nos que evitemos os julgamentos, que amemos a Deus em primeiro lugar e, em seguida, uns aos outros; que o perdão deve ser oferecido sempre que necessário.  

Para todas as religiões cristãs Jesus é o modelo e guia. São  os Seus exemplos que devem ser  seguidos e, por isso mesmo, a reflexão que se impõe é de que se reconhecemos  Deus como Pai e Criador, temos, também, toda a humanidade como irmã, senão de fé, pelo menos  “pela parte  de Pai”. E quem quer ver a infelicidade do irmão?

Assim, regozijemo-nos com os católicos. Peçamos juntos, com eles, que Deus proteja o novo Papa e o ajude a reinaugurar, como Francisco de Assis o fez, um novo período na Igreja, tornando-a mais próxima da prática dos ensinamentos da Igreja Primitiva.
Imagem:
http://br.msn.com/?ocid=iehp
Postar um comentário

OBRA DE ARTE

OBRA DE ARTE
Amores na bela Capital Catarinense.

CINEMA: UM GRANDE PRAZER.

Loading...